PERDOA MEU AMOR

4096011873?profile=RESIZE_710x

 

 Perdoa esse teu amante ciumento

Que a insegurança cegou por um momento

Vendo-a abraçada a outro caiu em desalento,

E desnorteado não quis saber do seu argumento.

 

Parti desarvorado

O coração destroçado

Os olhos em pranto derramado

Crendo o nosso amor já acabado.

 

Agora ciente do ocorrido

Sinto-me um idiota perdido

Mas, como saber que era o teu irmão sumido,

Se por mim ele não era conhecido.

 

Perdoa esse teu amante impulsivo

Que deseja cicatrizar o teu coração aflitivo

Deixa transparecer a nobreza do teu ser altivo,

Vamos viver nosso amor tão emotivo.

 

Volta meu amor

Abraça-me com o teu calor,

Desperta a nossa paixão com fervor

E deixe o meu corpo abrasador.

 

Autor Eduardo de Azevedo Soares

Guerreiro da Luz – Edu Sol

 

https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=8256775439348108047#allposts

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.