Mensagens de Blog

Perdão

3700269617?profile=RESIZE_710x

 

 

Perdão

O que é o perdão senão um auto conhecimento, senão, uma razão realmente de ser filho de um Deus-Criador, que te formou desde o seio de tua mãe?
O que é o perdão, senão, um ato de compaixão, renúncia e vida?
Ontem aos 18 anos da passagem de meu filho Gabriel, uma colega, a quem quero tão bem, que chamo de filha, a professora Educadora Física: Edlaine Lima, questionou sobre minha tristeza, e sobre o que eu sentia, se eu havia perdoado.
Comentei à ela, que essa questão do perdão, transcende barreiras de tempo e espaço, vai até realmente o ventre de minha mãe. Nasci e logo fui ao balão de oxigênio. Depois aos 4 anos, com uma doença chamada Refluxo Renal ( http://bjn.org.br/details/1618/pt-BR/refluxo-vesicoureteral-primario-na-infancia--tratamento-conservador-versus-intervencao-cirurgica ), onde há 48 anos eu passei por uma cirurgia, e só minha mãe assinou a autorização da mesma. Por isso, que citei que a questão perdoar para mim, é algo visceral, algo que tento trabalhar, já fiz terapias, e mais terapias, mas quando chegam no ponto x, eu sumo da mesma. Depois, outras dores, outros dissabores, mas os piores deles foram um aborto espontâneo, e a morte do Gabriel, onde me culpo demais, e esse perdão a si mesmo é algo que infinitamente te atrapalha, te deixa exausta, com dores pelo corpo, e te deforma a alma.
A Edlaine pediu que escutasse uma técnica ho'oponopono (  https://www.google.com/search?q=ho%27oponopono&oq=ho&aqs=chrome.0.69i59l3j69i57j69i61j69i60.2942j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8 ), algo do Havaí, que fala sobre reconciliação, sobre perdão. E, o mais incrível que possa parecer, essa semana, ao abrir o Evangelho Segundo o Espiritismo, justamente abri, na página que relata sobre o perdão.
Sim, o ato de perdoar é complicado, autoridades explicam sobre o tema, mas na minha oração com Deus, sei identificar o problema, e vejo que muitas vezes, ainda me acovardo no ato de pedi perdão, e dá esse perdão então??? Fica muito difícil.
Hoje vejo que tem milhares de igrejas, sejam católicas, evangélicas, espiritualistas, muçulmanas, judias, estão lotadas, mas a questão do perdão, está complicado no mundo, não só nas minhas partículas que formam minha matéria, mas em muitos.
Hoje um esbarrão, é um ato de morte.
Estamos em tempos difíceis e perturbadores, mas temos a Bíblia que nos ensina o Perdão, para todos os cristãos, temos a Torá ( https://pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/3081021/jewish/Resolver-desavenas-com-o-prximo.htm ) que ensina o perdão para o Judeus, e o Alcorão para todos os mulçumanos ( https://www.icp.com.br/df91materia6.asp ). Enfim, todas as religiões ensinam sobre a questão do perdão, então por que erramos tanto?
Agora, voltando ao meu caso em si, é tão difícil eu me perdoar, pelo que fiz aos meus pais, o que fiz para meus filhos, e o que fiz durante minha vida. Uma coisa, tenho consciência, sei que erro, e minha consciência me acusa, transformando em dores os erros meus.
Sim somatizo demais, busco a paz, e tento transcender a questão do perdão, no meu ato de escrever.
Sou espiritualista, e devo mais do que nunca perdoar-me e perdoar a todos que estão próximo a mim.
Enfim, o que é perdão? Qual seria a sua definição como leitor desse texto?
Temos que varrer nossos sentimentos e deixar a Luz Misericórdia de Deus, Alá, penetrar o âmago de nossa alma.
Paz e bem.
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro.
São Paulo, 6 de novembro de 2019.
13 h e 31 min.
Dia friozinho na primavera brasileira.
Ofereço aos meus filhos que nasceram do meu ventre: Alexia Cristina, Emmanuel, Anna Clara, in memoriam Aryel (aborto espontâneo ), e Gabriel ( gêmeo da Alexia Cristina, que retornou ao Pai, há 18 anos). Aos meus familiares, em especial minha prima-irmã: Angela Maria Brasília Henriques, aos meus filhos de coração, incluindo a Edlaine Lima, a quem tenho um grande respeito, e a cada leitor.
Aviso, todos nós somos irmãos perante Deus, e diferente do que pensa alguns, que acham que os filhos de Deus são só uma denominação evangélica, digo mais, talvez DEUS ame mais um ateu que faz o bem, do que o Crente que acorda e adormece nas Igrejas, e durante o dia julga os outros.
Paz e bem.
Muitas bençãos a todos meus leitores.

 

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Triste desabafo!

    Me emocionei...

    Beijos

This reply was deleted.