Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

PEDAÇOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pedaços

De Té

 

Ando perdida já não encontro.

o sinal de teus passos.

Nem tua voz vibrou.

Nem me lembro mais dos teus abraços.

 

Tudo não passou de alucinação.

Desejo confuso, a que me entrelaço.

Ficou a marca assinalada.

E a fita azul, desfeita em pedaços.

 

Tão crua tão nua

Ficou a minha alma

Que consumindo a calma

A voz avultou, e tudo acabou

 

Já não há abraços, nem fitas nem laços

O amor pereceu, carpido em pedaços

E todo o encanto desmoronou.

 

De Té Etelvina Da Costa

 

199,516

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Poetisa e Escritora

Imagem de belas artes belas dar os creditos a quem pertence a criação da imagem e do poema

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.