Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

Para você meu amor (in memorian)

 
 
(in memorian)


Hoje, o dia amanheceu cabisbaixo...
eu não sabia porque.
Agora eu já sei...
descobri que morri um pouquinho,
que perdi um pedacinho de mim,
talvez o melhor...
foi-se para sempre.

Essa parte preciosa que eu perdi,
era meu porto seguro,

minha balsa,
meu cúmplice,
minha tábua de salvação,
meu amigo,
e por que não dizer?
O meu amor!

Foram-se os sonhos...
os projetos, agora órfãos de pai,
deitando-se sonolentos
na cama do "nunca mais"...
que dor!
Que sensação mais estranha!

O vazio se estende a perder de vista
não há mais conquista
pela qual batalhar.

Deponho as armas e choro,
sem no entanto, lamentar.
Nós pudemos tudo nessa vida!
Tivemos pouco...
Eu nada posso contra a morte...
ela é maior que tudo!

Adeus, meu amor.
Descanse em paz...
                           em paz...
Santos 01/01/2011
Ciducha Seefelder
 
 
 
 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.