OS MENDIGOS

3863998424?profile=RESIZE_710x

 

 Em cada rua

Em cada esquina

Uma alma esquecida

Pela sociedade banida.

 

Maltrapilhos

Nauseabundos e andarilhos

Muitos acompanhados até por filhos

Essas silhuetas não possuem mais brilhos.

 

Rejeitados

Enxotados

Maltratados e

Desprezados

 

O que os levou a degradação

Será que não merecem elevação?

Não pecamos por nossa omissão.

Será que não há interesse para a solução?

 

Todos eles serão desequilibrados

Pela mente são perturbados.

Ou existem muitos estudados

Que por uma depressão as ruas eles foram jogados?

 

Quantos se desgostaram

Muitos até boas profissões abandonaram.

Por motivos diversos com a sociedade se decepcionaram,

E só nas ruas é que se encontraram.

 

Quantos desses mendigos se instruíram,

Quantos deles as dores afligiram,

E com o sofrimento na depressão sucumbiram.

Só alienadas suas almas libertas resistiram.

 

Autor Eduardo de Azevedo Soares

Guerreiro da Luz – Edu Sol

15/02/2020

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.