Mensagens de Blog

OFENDER SEM O QUERER

Ao falar fora de hora

Sem pensar atingi-te em pedaços

Quando irei aprender

A guardar o apego que tenho ti

Não sabia que pretendias voar!

 

Com palavras furiosas de amor

Eu não imaginaria, não sei explicar

Deixei de falar comigo mesmo

Esquecendo o amanhã!

 

Falei como um tolo do passado

Quando ao anoitecer

Teu amor começava a desvanecer.

Falei na hora que não devia.

Se eu te frustrei,

Não foi com intenção de te magoar

Sei que deveria ter-te preparado

Para não te ver chorar.

 

Não será preciso criar um contexto

Nem um álibi

Para falar-te em voltar atrás

Porque será? Não sei explicar

Mas pretendo voltar

Acreditei que teu amor tivesse vindo para ficar.

 

Não hesites tantas vezes…  

Acredita que ainda há tempo para mudar de direção

Se um dia pensarmos ser constantes e não irritantes.

Levantaremos a terra até ao brilho de Sol.

 

Apesar de saber que na tua mente

Nunca serei para ti o que precisas. 

Por via de hábitos de vida estabelecidos

Vão desviando a vida da razão.

 

Para quê morrer de compaixão

Sabendo que a juventude permanece em nós

Não morreremos pela idade

Iremos morrer pelo cansaço da permanência na terra.

O que não fizermos hoje

Podemos não ter tempo de o fazer amanhã!  

 

Joaquim Moreira

30-03-2019

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.