Mensagens de Blog

O ATO DE ESCREVER

Temas percorrem em mentes,

Assuntos se avolumam,

Enchentes de notícias de ontem,

Do hoje, do nunca mais...

 

Há uma repetição em ciclos,

Que eclodem!

Estão lá no pensamento milenar,

Como ondas que vão e vem do mar.

 

Ondas magnéticas, magéticas,

Ao redor das galáxias

Imorredouras no eterno andar.

 

E aparecem neutros, prótons,

Poeira cósmica,

Criando mímicas estelares,

A se compor, a se decompor.

 

E as mentes mentem,

Ao sabor de mantras repetitivos,

De rezas repetitivas,

De orações repetitivas,

Momentâneos pensamentos que parecem reais.

 

O que está em rede, enredado está, mistificado irá ficar!

 

As antigas fórmulas,

Se dispõem em formas,

De todas as figuras,

E enformam as notícias lidas,

Pedindo para desenformar...

 

E as poetisas e os poetas,

Sempre aptos dessas mentes,

Captam as ciências, os clamores,

As dores e os odores, 

O cansaço, o inchaço de cérebros,

Que gritam para alguém escutar.

 

Incubam em suas mentes,

O andar cambaleante,

Desses desconhecidos andantes,

Para depois usarem num repente.

 

Dá-se a catarse das palavras:

Vômito impulsionado,

Às folhas imaculadas,

Que recebem o cantar aflito,

Em êxtase finito.

 

E nessa viagem estelar me adiro,

Admiro o universo e,

Enxergo-me poeta!

(Nena Sarti/2018- Tese sobre os Sentimentos - no prelo)

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.