O AMOR

Para o verdadeiro amor

Nunca tem a palavra distância,

Pois barreiras para ele são

Apenas obstáculos e nada mais,

E nunca irás ofuscar a beleza

Que é emanada do amor.

 

O amor vai ultrapassando

O tempo juntamente com fronteiras,

Vai no teu galopar cortando os ventos,

E se encontrar com alguma tempestade

Ele dribla e passa em direção ao coração

Do amor que ele tanto ama.

 

Quando o amor é verdadeiro mesmo,

Ele nunca iras cansar,

E nunca irás entregar os pontos,

Como se dizem por ai,

Vai lutar como um guerreiro

E iras buscar em teus sonhos,

O teu modo de acreditar.

 

O amor é tão generoso

Que ele apenas deixa

Sentirmos o amor da maneira

Como nos interpretamos o amor,

E como vamos querer este amor

Dentro de nosso coração, vida e alma.

 

Quando se ama de verdade criamos

Cenários lindos, imaginamos momentos,

E fazemos com que tudo fique certo

Para podermos na hora certa receber

A visita deste amor para que ao chegar

E entrar em nossa vida de verdade,

Ele possa ser apenas o nosso conforto.

 

Mas o amor, este amor, o verdadeiro amor,

De certa forma são apenas as gotinhas

Que chegam ate-nos através de uma simples

Chuva e que vai existir para sempre dentro de nós.

 

Comendador Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas