Mensagens de Blog

Artista Plástica Poetisa e Escritora

MEMÓRIAS DE MIM

MEMÓRIAS DE MIM

 

Luto como leoa pra ser melhor hoje

do que fui ontem, manter-me de pé,

se as paredes me comprimirem apenas choro

não grito alto, antevejo minha velhice,

diluo o ácido que me derem e jogo fora calada

sou estrangeira neste mundo, nada é meu

abrigo em meu manto protetor minhas mágoas,

o mal retribuo se não com o bem,

reflito, apenas choro,

só tenho o que me foi concedido

a síndrome da mentira é mal que condeno,

a vida me leva quase tudo que amo

desde que me entendo por gente

brigo com a vida, às vezes perco, outras ganho,

estar viva hoje é minha vitória

o sol está lindo, agradeço por ter olhos

se tenho um teto, dou graças

bendito o que consegue tudo que quer,

não gosto da morte...

também não quero ficar senil

enquanto sentir desejos,

amar e fizer amor quero viver;

depois...ADEUS.

 

MENDUIÑA

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.