Jazem aos milhares em caixões enfileirados

3541778286?profile=RESIZE_710x

Jazem aos milhares em caixões enfileirados,
a fim de serem cremados,
para voltarem ao pó da terra, os finados…

E, os vivos em casa confinados…

Tudo é negridão, tristeza e dor,
é cinza, morte em estertor…

Choram os presentes
seus queridos entes
que sem despedida, partiram…

Ausentes…

Oh! Morte cega da humanidade!
Que foste criada por tanta maldade!...
Afasta-te de nós!
És a infâmia! És crueldade!
«»

Zélia Chamusca

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas