Mensagens de Blog

Poeta e Escritor

Intelecto

 

 

 

 

 

Intelecto

 

Infecto a panela de barro herança

Antepassados  que se repetem arrulhes

Rolinhas multiplicam ventre sem a dança

Regozijo sem gozo  fantasias alhures

 

Cabelos ventam ao vento fosco ressecado

Sina de gerações que sempre obtém não

Rusga pele enrugada de rasgo rasgado

Sol tórrido escaldante vidas seca em vão

 

Natalidade a mil casas de pau a pique

Pó de poeira pedras trituram os pés 

Intelecto farsante faltante é estanque

 

Destino,  hereditário um espermatozóide

Domada ignorância  não sorver saber

Perpetrar uns humanos leigo esquizoide

 

Fim

ADomingos

12 de junho de 2018

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.