Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

INFORTÚNIO

 

 

 

Infortúnio

De Té

 

Minha alma vibra de afectos

Esconde segredos, de amor e raiva.

Há beijos de rubi,eflúvios de jasmim.

Flores rubras, que sangram.

Sémen sacro flui nos actos.

Em jorros silenciosos, amornados.

Oferenda da vida, aformoseia a cegueira.

Na hora de ânsias de beijos e desejos.

Descem assombramentos.

Quebram a magia.

Desse momento sacrossanto.

 

De Té: Etelvina Acosta

01-03-2017

ás 01;17 H

 

 

195.516

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Poetisa e Escritora

Imagem de belas artes belas dar os creditos a quem pertence a criação da imagem e do poema

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.