Hoje sou...

 

Hoje sou..

 

Essa mulher

 que amou,

viveu... sofreu...

e, quase

de amor morreu.

Mas, em nome desse amor,

 ressuscitou,

para de lembranças

e saudades,

quase de novo,

 morrer!

Ciducha Seefelder

(obrigada AugustaSB pela página)

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.