EU EUFEMISMO (SONETO)

 

 

ALEM.jpg

EU EUFEMISMO (SONETO)

 

Saboreava meus memes  eufemismos

Por estreitos  transpor  bem  cadenciado

Sorvia meu cotidiano de sofismos

Para que me  julgassem  um eldorado

 

Reduz  luz amarela a minha  querela

Arguto o cobertor de mutações

E no escuro brilhante a luz de vela

Perfuma sereno almíscar  as tensões

 

Triste felicidade meu contento

Argumento sombrio pura mentira

Revelo a minha angústia ao relento

 

Para que querer  saber do meu sofrer

Alguém quer me colhêr do que ouvira

Ame o meu surpreender envelhecer

 

FIM

Antonio domingos

10 de fevereiro de 2019(reviAD)

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.