espelho

Image result for baroque mirror

Há palavras,

expressões até,

que de tão repetidas,

ficam vazias 

como nozes consumidas.

"Ama (...)"

"Amor (...)"

"As crianças são (...)"

"Ah! O por do sol (...)"
(...)

Agora,

atenta em ti:

esvoaça,

até como uma mosca

contra o espelho,

como o pato, talvez, só,

uma bola de escaravelho,

pra tudo isto atenta, atenta só!!

(Até estas palavras estão a desinflar!...)

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.