Mensagens de Blog

3177484078?profile=RESIZE_710x

Onde…

 

Onde você estiver
e em qualquer
da sua vida momento;
quando a frieza da saudade
em confronto com o calor da ansiedade
(mesmo que não queira)o meu sentimento,
que muito a você me impele;
sentirá na sua pele
junto à carícias do vento...

 

Onde você estiver
e em qualquer
momento da vida sua;
quando por um curto espaço breve
um corpo celeste se opor a outro se atreve;
conclua:
que quando em noite se faz o dia;
(mesmo que não queira)do meu amor a  ousadia,
verá escrito na lua...

 

Onde você estiver
e em qualquer
momento do seu dia a dia;
quando na terra, no ar, nos céus; os astros
haverão de deixar então os rastros
do meu amor a ousadia;
(mesmo que você não queira)
a sua vida inteira...


de: Geraldo Coelho Zacarias, 31 dezembro de 2012

 

Concluo…

Concluo:

Por ti, amei a lua

«Amo-a, ainda.»

Crescente no meu peito,

mingua os meus receios,

 

Por ti, amei o sol

«Amo-o, ainda.»

Aprendi a ver as tuas cores

Absorvi as tuas formas.

 

No eclipse do sol,

ou na lua nova,

foste brilho e eu amei.

«Amo-te, ainda»

Sob um manto que se dizia negro,

Desejo, iluminou os teus contornos.

 

Breve carícia,

um momento,

calorosa ansiedade,

toque subtil do vento,

Amor escrito nos Elementos.

«Leio-o, ainda»

 

Onde quer que esteja,

num Quando que é sempre,

tua, a vida inteira.

«Ainda que não queira»

 

de: Ema Moura em 5 janeiro 2013

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.