Mensagens de Blog

Derradeira promenade

 

 

 

 

Derradeira Promenade
Conduzido por um passarinho;


Crepúsculo se avizinha entre brumas,
Da casa d’andorinha,assim, combinado,
Levado à passear de volta à um passado
D’infância,uma lembrança feito pluma....

Guardada no peito em solitário asilo,
Saudade,ave que,ora canta,ora chora.
Em silencioso canto de sacras horas,
Libera-me d’angustia que trago comigo!

Meus olhos em derradeira promenade,
Conduzidos por irrequieto passarinho,
Descerraram a incerteza que me invade!
Ah!Que fora de ventura o meu caminho!

Incontido sentimento,tamanha euforia,
Roguei,pois levar-me à ignoto futuro!
Pobre andorinha aflita,cujas asas batia,
Em canto triste , gemente,adágio soturno...

Crepúsculo se avizinha ,pressagias brumas...
Com as abelhas sumiram pombinhas alvas,
Das flores tornara néctar amarga espuma...
Andorinha triste pousou-me na palma.

Das colinas de Golã caiam rubras estrelas ,
Orfãos dormiam,sem orações e amem!
Ai!Que morrera a andorinha ao vê-las!
Nesta derradeira promenade morri também...

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.