Mensagens de Blog

Cantora Artista Plástica Poetisa e Escritora

Deixo uma gota, um simples pingo

Deixo uma gota, um simples pingo

Deixo um leve e simples pingo
Uma simples e doce gotinha
De água muito fresquinha.
É da fonte um leve respingo
Que vem matar nossa secura
E aos doentes trazer a cura.
Deixo um pingo e uma só gota
Desta fonte muito remota
Que fica junto à minha aldeia.
Dela se desprende uma nota
Musical e em noites de lua cheia
Entoa melodias de gaivota
Que eu oiço e gosto muito
E para a qual estou sempre desperta.
E num momento um só pouquito
Esta linda e bela melodia de amor
Enche minha vida de luz e cor.
E escrevo para ti versos de poeta.
E contigo amor de mãos dadas
Vamos vendo chegar as claras alvoradas.
E quando desaparece no céu a ultima estrela
Já é a manhã maravilhosa e bela.
E com um abraço terno e estreito
Tu e eu amor amamo-nos muito a nosso jeito.
E não queremos ser nem somos um amor perfeito.
Mas temos um pelo outro muito amor e respeito.

06-02-2019

Maria Silvéria dos Mártires

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.