Mensagens de Blog

Da quietação das vagas

Da quietação das vagas

J. A. Medeiros da Luz

  

Eis que um retalho do sol de outono

Lambe o tampo de minha escrivaninha.

Na vidraça fronteira,

Feita translúcida pela sua multitude

De minúsculas pirâmides de vidro,

Balouçam bailarinas flexuosas,

Dançando insinuações com os seus ventres,

Sombras ainda esverdeadas da folhagem lá fora,

Sensualmente tocada da brisa rítmica da estação.

 

Deflagradas por mágica desarvorada,

Num instante pululam

— Quais espantadiços girinos na poça límpida da vida — 

Lembranças de mil e uma noites

Arábicas nos trópicos

Daquela juventude,

Que lá vemos hoje pelo retrovisor

De nosso calhambeque...

 

Doce estação de despedidas, estação de colheitas,

Estação de arrumação dos trecos!

Cada instante seu, hoje, é fruído

Como o largo intervalo de um suspiro,

Como o preguiçoso desformatar de nuvens,

Boiando no azul cerúleo do infinito.

E a plenitude — a suficiência! — deste instante

Faz dispensável o desejar de novos dias,

Pois os girinos já cresceram e deram frutos:

Música perdida em ecos pelo charco

E — por seu turno, conforme a lei das coisas —

Outros mil girinos a sonhar.

  

Ouro Preto, 22 de abril de 2019.

Do livro: Vielas Enoitecidas, a sair pela Jornada Lúcida Editora.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • OURO BABPEAPAZ

    Bonito, José Aurélio.

    Sucesso para o Livro Vielas Enoitecidas.

    P a r a b é n s !

    • Obrigado, cara Margarida, pelos votos:

      Depois de eu tirar da gavetas três deles,  materializando-os no prelo sob forma de modestas tiragens, estão ainda à espera um livro de haicais e este Vielas Enoitecidas, o qual na verdade — expurgando-se as contribuições atuais (como este poema), à guisa de enxerto — congrega a minha módica juvenília. Daí o título, remontando à vida estudantil na suave e por vezes enluarada Vila Rica (para onde acabei voltando, 18 anos depois, já então como professor, e tendo esse retorno ocorrido em 1999... ).

      Só para constar, o inédito de haicais atende pelo longo nome de: Folhas ao Vento em Paisagem Sépia. Espero que não venham a lume  somente após o óbito do escrevedor...

      Abraço do j. a.

       

      Em tempo: dado o assoberbamento de pendências neste 2019, peço-lhes minhas desculpas pelo sumiço virtual . Assim que der, retorno à agradável interação com os amigos de nosso Belas Artes Belas.

    • OURO BABPEAPAZ

      Continuo desejando sucesso e muitíssima saúde a nós dois para podermos interagir bastante.

      É sempre um grande prazer.

      Abração.

  • 1972435643?profile=RESIZE_710x

    • Obrigado pela amabilidade, cara Francisca.

      De fato, a maturidade é como a quietação das procelas de nosso oceano interior. É — passada a azáfama da luta no convés, contra o golpear dos vagalhões da vida —  um fruir da beleza das pequenas coisas; é um sossegar das tribulações de conquista...Parece-me  que César em vez de atravessar o Rubicão, melhor teria feito em desatar as sandálias bélicas e mergulhar os pés na fresca água entre os seixos; a ouvir o marulhar da água e a assuntar no dessedentar das borboletas no barro úmido da margem, cujas vidinhas, aladas embora, têm lá mais duração simbólica que o poder e a fama.

      Abraço do j. a.

This reply was deleted.