Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

CRIAÇÃO

Que vontade de criar

Um poema com ternura.

Procurar no verbo amar,

Terminar com essa tortura.

Um amar universal sem falsidade,

Cunhar na pedra bruta um nome,

Quem sabe ensinar a felicidade,

com data de nascimento e sobrenome.

As palavras já fenecem cedo,

Ficam os falares sem respostas,

Sem alianças nos dedos,

E almas sendo expostas.

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.