Mensagens de Blog

CIO DA ALMA

 

CIO DA ALMA

Um pássaro pousou dentro de mim,
deixou cair sementes profícuas,
vagou por sentidos ambíguos.
fez nascer um outro jardim.

O cio de flores gentis e antigas,
misto de sofrer e amor contíguos,
mudou a essência do meu ser,
um novo homem senti nascer.

Um asteroide roçou meu rosto,
um brilho que não era daqui,
de doce renovar. por seu gosto,
me senti tão vivo em tudo que vi.

Gustavo Drummond

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.