Mensagens de Blog

Carta aos meus filhos e familiares.

 

Carta aos meus filhos e familiares.

São Paulo, 5 de novembro de 2019.
Horário de Brasília 11h e 51min.
Hoje um dia triste para mim, lembranças que já tentei apagar, mas não deu. Coisas de Tereza, como na novela Rainha da Sucata " Coisas de Laurinha".
Bem, hoje embora seja uma triste e doce lembrança, ainda agradeço a Deus por ter chegado até aqui. Não deixo dinheiro aos meus filhos, mas espero que o meu exemplo em cuidar do Meio Ambiente, em confiarem em Deus, e está sob tudo a luz da verdade, da sinceridade, do trabalho, do bem ao próximo, de doar as pessoas que mais necessitam. De Plantar uma árvore de acordo com os critérios da região onde possam vir morar. Reciclar sempre, pois a Natureza agradecerá. Não deixar de limpar a casa, e cuidar do teu guarda roupa, e parem com essa mania abestalhada de mudar de celular, não sei mas vocês hoje tem idade para assistirem Diamante de Sangue ( http://www.adorocinema.com/filmes/filme-61469/ ), é de 1990, mas muito atual, pois pequenos não só africanos, mas de outros continentes morrem todos os dias, para procurarem o mais diversos materiais para os atuais aparelhos, e hoje assim, como um jogo, uma droga, o celular se tornou um vício.
Filhos, queridos, não deixo bens materiais para vocês três, mas peço que cuidem do espaço em que vivem, deixem tudo arrumado, e não é vergonha reciclar e varrer a calçada e o meu fio.
Também não é vergonha nenhuma lavar, passar, cozinhar, e guardar dinheiro para comeres bem amanhã. Esqueçam refrigerantes, doces, e outros produtos industrializados, embora seja ainda difícil para mim, façamos uma dieta mais equilibrada, acredito que não precisamos assassinar nossos amigos animais para comermos de suas carnes.
Filhos, a Igreja não é só um templo social, onde deveríamos ir todo domingo, ou melhor todos os dias, mas a verdade, é que nossa missa é cuidarmos daquilo que Deus nos deu gratuitamente, e não precisamos invejar de ninguém.
Escrevo, hoje essa carta, não sei o dia de amanhã, mas espero que sejam amigos, e compartilhem sempre das verdades. Nunca desistam de aprender, se o projeto de vida ( #inova_educacao ), não for ir para uma faculdade, tudo bem, aproveitem o que aprenderam, e saibam que estamos em constantes aprendizados.
Queria deixar para todos de minha família, amor, respeito, e as memórias dos que já partiram para o Encontro com Deus, e como acredito, podem um dia voltarem e está com vocês, sinto saudades dos meus tios, primos, e de todos que por minha vida passaram.
Talvez, muitos vejam essa carta, como um adeus; sim é um adeus, não sei a hora, o dia, ou o porque, mas um dia minha matéria, também irá se decompor, e eu terei que partir.
Deixo meus escritos não só impressamente nas antologias que participei na minha vida, mas nos escritos da internet, que estão hora como Téka Castro, mas também como Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro, pois gostaria que pelo menos meus filhos tivessem orgulho de meus escritos. Sei que sou muito passional, mas amo escrever, e amo amar vocês, lágrimas começam a lagrimejar meus olhos.
Bem, deixo ainda a amizade de vocês três, que são irmãos, e saibam o quanto eu e seu pai acreditamos, mimamos e respeitamos a individualidade de cada um.
Minhas meninas, são princesas, e meu menino, meu príncipe. Que Deus os abençoe a cada dia, e que eu possa ter comprido minha missão com vocês e deixo aqui um ósculo para que nunca esqueçam dessa mãe, maluquinha, por ter feito Química, embora quisesse medicina, e por amar escrever, e hoje em especial agradecer o Dia da Língua Portuguesa, por cada mestre da Disciplina que passaram e me ensinaram a amar de modo simples essa Língua. Obrigada.
Filhos, os amo, e desejo, tudo de bom para cada um de vocês, não registrei essa carta em cartório, e fiz diretamente nos sites onde estão escritas, isso faz parte de nossas vidas, no resumo de nosso viver tão especial, onde aprendo a cada dia, com cada um de vocês.
E, deixo aos meus 4 sobrinhos, que amo, que sejam felizes e cuidem também do Meio Ambiente, pois a Natureza agradece. Não a devemos destruir, e lembrem-se Luís Felipe, Vinícius, João Matheus e Júlia Vitória, que a tia pode nem sempre está perto de vocês, mas vocês estão no meu coração e peço a Deus que os ajude em tudo que vierem fazer.
Filhos, fiquem com Deus, e respeitem-se uns aos outros.
Amo vocês.
Plantem uma árvore, escrevam um livro, e adote o amor e o diálogo de olhos nos olhos sempre.
Saudações,
Mamãe.
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro, mãe, filha, esposa, escritora, professora, ambientalista, espiritualista, efémera e passional.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.