AVENTUREIRO APAIXONADO

4115188644?profile=RESIZE_710x

AVENTUREIRO APAIXONADO

 

Embrenho-me na mata

E sinto uma energia abstrata,

Um ar puro que o meu peito dilata,

E o som suave e envolvente da cascata.

                                               

Sou amante da aventura.

Na floresta, dela fui à procura.

Cachoeiras despencando com candura,            

Flora e fauna, que loucura!

                                                     

Pela mata os guias seguem a me conduzir

Levam-me a conhecer a tribo dos índios Tupi.

Que linda indígena! Banha-se no lago a sorrir,

Doravante o meu coração ela vai possuir.

 

Pelos indígenas fui bem recebido

Pela beleza da Jureminha fui envolvido

Com o amor da linda cabocla fui correspondido

E o meu destino ao dela foi unido.

 

Da caboclinha jamais me separarei

Com ela, no lago, muitas vezes me banharei,

E de toda beleza da natureza desfrutarei.

Jureminha! Sempre te amarei!

 

Autor Eduardo de Azevedo Soares

Guerreiro da Luz – Edu Sol

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas