Mensagens de Blog

AUSÊNCIA PRESENTE

 

AUSÊNCIA PRESENTE
 
Minhas mãos amputadas,
carregam uma vela,
uma pena, apenas,
Obedientes traçam um poema
erudito, sensível. de amor.
Olhando bem estão lívidas.
livres para caminhar.,
líricas para se tocar.
A esta frágil imagem;
sou personagem;
dedico carinho maior
que a um buquê de estrelas
 
(Gustavo Drummond)
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.