Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

Através do tempo

 

Hibernei lembranças e sonhos,

Em explosão silenciosa calei a música

que dancei em leves passos... entre braços.

Com a ponta dos dedos soprei um beijo,

tragando o último suspiro, deixando nas sombras

 o passado, enroscado nas dobras do medo.

 

Atravessei o corpo como poderosa forja, rumo

 a escuridão,como se fosse uma das dimensões

do paraíso perguntando se havia algum Deus

nessa jornada, rumo a outro mundo, passando diante

 do sol, deixando seu manto quente sobre a terra.

 

Ele agigantou-se ameaçador  despejando sua ira 

divina sobre mim como pássaros da noite descendo

em bandos grasnando com seus bicos longos e furiosos.

O significado era acústico, ecoava, moldava 

inflexões, preenchia silêncios.

Calada... Me afastei.

 

Marcia Portella_Go

 

       

 

                                   

Imagemby Elena Vizerskaya (Kassandra)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.