Mensagens de Blog

Amparo

  No abraço o amparo

 A palavra que não castiga

Certeza com amor o preparo

Amparo do vento que fustiga.

 

Passos incertos desconexos

Titubeando a palavra

Um viver com mil amplexos

Mão que semeia e, lavra.

 

No abraço o amparo

A vida que fornece o seio

Defeitos que não reparo

Amor infinito eu creio.

 

O dizer não titubeia

O doce mel da abelha

Lume com mil centelhas

Melodia do pássaro que gorjeia..

 

Neide Himenes

 

https://novanereide.blogspot.com

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.