Mensagens de Blog

Poeta

ALGUMAS COISAS...

 

Se tenho culpa de não ter nada com isso,

é porque não tenho nada!

Nada, nada, nada que agrade a ti, a mim, ou a alguém!...

Não posso e não quero participar disso,

daquilo ou de qualquer nuança que se apresente.

Cintilante ou opaca, reprimo!...

Menos que tudo ou mais que muito, não aceito!

Se aos prantos eu chegar,

estarei certo de que tudo faz parte do meu contexto,

e que a solução virá em forma disforme...

 

Porque sempre devo ser efêmero!...

 

Os lugares por onde passo não são os meus, mas preciso ficar.

Estas pessoas não são as minhas; querer é preciso.

Enquanto espero, imponho o meu jeito para mostrar os meus defeitos.

Mesmo sem demonstrar, preciso de amigos; sem querer encontrar.

As aparências de tudo são iguais ao nada!

Ideais castrados repreendem qualquer ego!

Ser amado é um estado crônico?

O assunto de todos é notícia vulgar?

O paladino solitário é rejeitado por um exército em transe...

 

Meus sonhos possíveis:

viver momentos,

querer verdadeiro,

sem morrer de paixão...

 

Assim,

mesmo não estando, sempre me encontro pensando,

multiplicando tudo por um palmo de razão,

e dividindo o nada por quase tudo,

de quase tudo...

 

Gandi!

Diga-me: por que você errou? Se errou!...

Quantas foram as noites abaixo e acima dos trópicos,

que não me permitiram raciocinar.

E por qual razão agora posso?

 

Como seria o pranto da mãe Vietnamita?

Seu filho inerte em seus braços,

membros pendentes,

olhos brancos fitos em direção ao céu de um azul sem estrias...

 

Indira!

Por onde caminhas?...

 

Gente de cidade grande,

costumes rebeldes,

corações irados de insana angústia que se finda,

tal qual o aroma sutil das areias cósmicas...

 

Descreveria Pablito de qual forma?

Talvez usando apenas as 11 letras de qualquer dialeto?!...

 

Somente algumas coisas...

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Top Comentarista

    Que belo momento para me recolher e refletir, poeta, obrigada por este presente!

  • Poetisa e Escritora

    Poema de e para grande reflexão! Obrigada 

  • Artista Digital Adm

    A TRISTEZINHA já passou. Desculpe-me.

    Vamos refletir agora.

    Por que será que você alterou um nome glamuroso para Nômade.

    Eu tenho um outro amigo assim. Mateus para Um Peregrino.

    Bom, não é da minha conta.

    Vamos ao poema. Ou melhor ao Poeta.

    O Poeta tem direito de escrever o que quiser, o comentarista não.

    O Poeta pode ter erros gramaticais, de concordância, pode estar aí com tudo ou não estar aí com nada.

    Pode rir, chorar, zombar, procurar, indecifrar, fazer rir, chorar, ...

    É uma profissão interessantíssima. É quase igual a um ator.

    Como dizia um dos meus ex-chefes:

    "Atuar é que é profissão. Beija e abraça, abraça e beija mulheres do outro mundo e eu aqui aguentando isso"

    Ele era "Encarregado de RH".

    Você escolheu escrever e causar emoções, fazer refletir, pensar sobre coisas, atitudes, relacionamentos...

    E eu, o que escolhi? O que fiz? O que faço?

    SEU POEMA É REFLEXIVO.

    • Poeta

      Ainda bem.

      Pseudônimos... todo o poeta tem que ser inconstante, literalmente.

      Mas, já sabes o nome real.

      Não se admire quando encontrar erros de gramática nos escritos dos poetas; a maioria são propositais.

      Isto mesmo, uma pitada de sentimentos faz bem. 

      Mais que ator... Ao mesmo tempo, o poeta é escritor, diretor, ator e leitor.

      Excelentes interrogativas!... (fui reler o teu perfil... Ahhhh!... se eu soubesse pelo menos CONVERSAR em inglês... já estaria em qualquer canto da Europa... e ficaria mais fácil aprender o espanhol, o francês, o alemão...)

      Indo procurar alguma página para postar... Fui!...

       

  • Poeta

    Resposta reflexiva esta sua... Então fui procurar nos meus rabiscos enclausurados na minha mochila de couro da cor dos meus pensamentos e não encontrei nada que se relacionasse com "estou triste"... Pensei... Preciso escrever algumas palavras para MMM... Também não encontrei palavras... Travado!...

  • Artista Digital Adm

    Somente algumas, Poeta.

    Poema reflexivo. Quando estou triste não gosto de refletir.

This reply was deleted.