Mensagens de Blog

Poeta e Escritor

ACHADOS E PERDIDOS

 

Certas coisas são feitas para o esquecimento

um sonho que lentamente se desliga da memória,

por exemplo, até se tornar apenas essa palavra e apenas

as quinas dos móveis, o animal de estimação do lado de fora

a casa onde morávamos, os trocados no bolso ou a própria

roupa nova usada somente uma vez na festa de anos atrás

uma música boa que perde seus trechos e nome

e lentamente torna-se apenas um rítmo vago

o dia-a-dia, a vida

 

 **

 

outras coisas, porém, são engendradas para o encontro

como um telefone móvel recém perdido ou a fome

amigos que há anos não se viam ou ruínas antigas

o isqueiro de um fumante ou música ruim

um céu azul após semanas de chuvas ou o inverno, outono,

primavera e verão e suas temperaturas e suas cores

o carregador deixado sobre a mesa ou a sujeira

que acabou de encontrar as coisas limpas

ou o amor e a morte

 

**

 

muitas coisas, todavia, são coisas que apenas se somam

sem estarem esquecidas e tampouco esperando serem achadas

pairam como se estivéssem em um estádo de estase, no meio,

por exemplo, o peso que a mesa carrega quando nos depositamos

sobre ela, as lembranças dos móveis de uma casa e do espaço entre eles,

o evelhecimento da casa, a memória das palavras que aprendemos,

aquelas que deixamos no ar, ou suas entrelinhas, o pensamento

do animal lá fora, toda a experiência das coisas e a passagem do tempo.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.