Mensagens de Blog

A VIOLÊNCIA NOSSA DE CADA DIA

 

     A VIOLÊNCIA NOSSA DE CADA DIA

                                                                     

                                                      SUELY BRAGA

 

    Todos os brasileiros e gaúchos como eu devem estar preocupados com a violência em nosso país. Preocupo-me mais ainda, quando percebo que a maioria da grande mídia, especialmente a televisiva, explora o problema, ocupando espaços extensos, noticiando crimes, acidentes, seqüestros assaltos, homicídios, mortes, golpes, fazendo a apologia da criminalidade. Talvez para conquistar ibope, ou para criar na população já tão sofrida a síndrome do pânico. No entanto, estes mesmos meios de comunicação são responsáveis em grande parte pela criminalidade. Apresentam em seus programas diários: novelas filmes e até em desenhos infantis há

cenas de violência.Ela aumenta cada dia exasperadamente, especialmente no trânsito.Só que,

na maioria das vezes, mergulhados nas suas conseguências, esquecemos de analisar com profundidade as verdadeiras causas.Os governos não investem suficientemente nos programas sociais como educação, saúde e segurança. Na educação temos falta de condições de trabalho e professores com salários irrisórios.Como alcançar uma educação de qualidade para crianças e jovens.?

O Rio Grande do Sul, que era pioneiro em qualidade de ensino, outro dia

saiu uma pesquisa colocando nosso estado como líder em reprovação.

 Na saúde temos médicos mal pagos, hospitais em más condições, faltam de vagas, doentes empilhados e morrendo nos corredores. Na segurança, profissionais mal preparados, mal pagos assim como falta de efetivos.

     A violência no trânsito também nos apavora. As verdadeiras causas são: estradas em péssimas condições de trafegar, leis muito frouxas e não cumpridas.

É enorme a quantidade de motoristas dirigindo embriagados ou sem habilitação, menores provocando acidentes. O que acontece com estes motoristas criminosos que ceifam vidas, deixando pessoas inválidas? Nada.

   A impunidade é um cancro que devora o país sendo a maior causa da violência.

    A fome, a miséria, a exclusão são o estopim para o crescimento do mal.

   É urgente que as autoridades e a sociedade unidas, lutem para solucionar o problema da criminalidade, eliminando as verdadeiras causas, saindo do seu comodismo, individualismo e ganância, para permitir que “Todos tenham Vida e Saúde em abundância”, como quer o Senhor da Vida.

 

 

 

     A VIOLÊNCIA NOSSA DE CADA DIA

                                                                     

                                                      SUELY BRAGA

 

    Todos os brasileiros e gaúchos como eu devem estar preocupados com a violência em nosso país. Preocupo-me mais ainda, quando percebo que a maioria da grande mídia, especialmente a televisiva, explora o problema, ocupando espaços extensos, noticiando crimes, acidentes, seqüestros assaltos, homicídios, mortes, golpes, fazendo a apologia da criminalidade. Talvez para conquistar ibope, ou para criar na população já tão sofrida a síndrome do pânico. No entanto, estes mesmos meios de comunicação são responsáveis em grande parte pela criminalidade. Apresentam em seus programas diários: novelas filmes e até em desenhos infantis há

cenas de violência.Ela aumenta cada dia exasperadamente, especialmente no trânsito.Só que,

na maioria das vezes, mergulhados nas suas conseguências, esquecemos de analisar com profundidade as verdadeiras causas.Os governos não investem suficientemente nos programas sociais como educação, saúde e segurança. Na educação temos falta de condições de trabalho e professores com salários irrisórios.Como alcançar uma educação de qualidade para crianças e jovens.?

O Rio Grande do Sul, que era pioneiro em qualidade de ensino, outro dia

saiu uma pesquisa colocando nosso estado como líder em reprovação.

 Na saúde temos médicos mal pagos, hospitais em más condições, faltam de vagas, doentes empilhados e morrendo nos corredores. Na segurança, profissionais mal preparados, mal pagos assim como falta de efetivos.

     A violência no trânsito também nos apavora. As verdadeiras causas são: estradas em péssimas condições de trafegar, leis muito frouxas e não cumpridas.

É enorme a quantidade de motoristas dirigindo embriagados ou sem habilitação, menores provocando acidentes. O que acontece com estes motoristas criminosos que ceifam vidas, deixando pessoas inválidas? Nada.

   A impunidade é um cancro que devora o país sendo a maior causa da violência.

    A fome, a miséria, a exclusão são o estopim para o crescimento do mal.

   É urgente que as autoridades e a sociedade unidas, lutem para solucionar o problema da criminalidade, eliminando as verdadeiras causas, saindo do seu comodismo, individualismo e ganância, para permitir que “Todos tenham Vida e Saúde em abundância”, como quer o Senhor da Vida.

 

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

mal pagos

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

mal pagos

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • PRATA BABPEAPAZ

    Suely tem toda razão em cada palavra escrita.A violência não está só no nosso país ,mas sim em todos os lugares onde exite o "dito" ser humano.

This reply was deleted.