Boa Participação

A JANELA

4257204890?profile=RESIZE_710x


 
Da janela observei o vento passando forte
Levando pensamentos remoídos em
Min’alma, após anos cabisbaixa
Tinha entregue minha alegria a ti
Deixei que ti fosse sem se despedir
Agora longe, minhas lágrimas
A solidão descompassa minha vida
Calada, apenas meu corpo vive
Minhas mãos sem teu corpo que as ocupava
ficam vazias, os sonhos se apagam
Retrocedo, volto ao passado!
Que saudades sinto de ti...
Anoitece, a noite é escura

Passa tão lenta que dói.

 

MENDUIÑA

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.