Mensagens de Blog

a esmo

a esmo

Por entre trancos e barrancos vamos,

no país horroroso em que nascemos,

da qual jamais ouviu o Nostradamus,

e por mais que se tente, apodrecemos,

 

e por mais que se tente sair, ir

por entre nuvens pra um lugar melhor,

uma pátria decente, faço rir

por entre os inocentes, sou pior,

 

vagabundo, lições de quarenta anos,

recheadas de preconceitos fortes, 

de fofocas infindas, sou insano,

 

nunca os desconhecidos, nunca mesmo,

e os sonhos que são gratis, indeléveis,

não me deixam assim, mais e mais a esmo...

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.