Mensagens de Blog

A ARTE (Vindo e Indo)...

 

 

O palco

os assentos

os móveis

os tapetes

as luzes

as cortinas

o texto na mente

e a personagem...

 

Por trás

a coxia

os camarins

os auxiliares de tudo

os autores

os diretores

os atores

e a tensão...

 

A platéia

olhos fixos nas cortinas

a respiração de baixa a média...

O som:

assopro de vento no início da primavera.

 

Pequenos holofotes dardeiam

um caleidoscópio pendurado

ao centro do palco

reproduzindo tons bamboleantes

que pela arena passeiam vertiginosamente...

 

Um corpo de mulher

estatura mediana

vindo em direção ao centro do palco

passos amortecidos

pelo tapete adormecido...

 

Morena,

olhos negros

cabelos dourados na altura do quadril

corpo envolto com um vestido

da cor do meu pensamento transparente

seios naturais

boca perfeitamente delineada

lábios róseos e carnudos...

 

Coxas... Coxas?!...

Ahhhhh!!... Não!!...

Por quê, desci o meu olhar para aquelas coxas?!...

Por quê??!!...

 

Vou-me embora!...

Não, nada mais quero assistir, nada!...

Não quero saber se seria um monólogo,

Ou, se com outros atores reviveriam Aquarius!!...

 

O que o meu olhar não resistiria,

seria vê-la,

saindo de cena,

Indo...

 

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Adm

    Bonita obra de arte você produziu. E se fosse o caso de encená-la?

    PARABÉNS Poeta Edson.

    • EXATAMENTE, esta seria a saída de cena da personagem!... Uma pena que o expectador ficou nervoso com a VINDA e não aguardou a IDA daquele monumento... Valeu pela colaboração, Margarida!...

  • Top BA_Belas

    Amei, cedo ou tarde sempre alguem sai de cena, é a vida...
    Parabéns Edson!

    • Desculpas... Mas, o INDO é uma homenagem ao corpo de mulher quando caminha... No caso, o corpo da personagem foi descrito, VINDO... Toda linda, maravilhosa, charmosa, sexy... E o expectador, quando avidamente descreve-a, eleva a sua imaginação para quando no final da peça, a personagem virar-se e caminhar, saindo de cena, com aquele corpo maravilhoso requebrando-se... Aí então, ele surta!... Ok? 

    • Top BA_Belas

      Entendi, interpretei completamente diferente, obrigada pela explicação!

      Eu que te peço desculpas

This reply was deleted.