Mensagens de Blog

Todos os posts (29)

Ela, Cigana.

Sou mulher do tempo, guiada pelo vento; sou mulher do Sol e amante da Lua; sou mulher da rua. Sou mulher da luz e da escuridão, minha casa é a imensidão. Sou feiticeira antigamente perseguida, mas ainda, por muitos, temida.
Saiba mais…

Belos Seios

São tão belos e formosos os teus seios! Como a neblina a beijar o mormaço... Pontudos pêndulos dos anseios, Profundos toques nos teus braços! São como flores virgens na campina... Como as piras das tochas insanas São nervuras num coser de menina São o pecado na languidez profana! São beijados pelas bocas salientes... Marmorizados pelos jatos de amor! São raros, meigos, com pele de cor
Saiba mais…

Esse teu olhar

Esse teu olhar Quando encontra o meu Fala de umas coisas que eu não posso acreditar... Doce é sonhar, é pensar que você, Gosta de mim, como eu de você... Mas a ilusão, Quando se desfaz, Dói no coração de quem sonhou, Sonhou demais...
Saiba mais…

Orgasmo- Zeca Feliz

Orgasmo *** * *** Sobre a Brisa Suave e caliente emergindo do Mar azul e sereno surge a Musa das profundezas com seu sensual e doce veneno . Com cada seio desnudado com o gostinho de pecado Se mostra à u'a alma gêmea
Saiba mais…

Liit... - In Dejavu

O Calendário do Tempo - talvez seja mais lendário do que dativo... Assim nos vemos no inicio do século XIX, onde na Quinta de Bragança se inicia esta nossa história - de um amor passado e presente. . Ela a formosa Liit - que se enamora do tão cobiçado Príncipe Vilmor E para dar mais vida e alegria - ora se faz - no formato de Poesia: Act I Passeando pelos verdes Bosques de Varoc cantarolando seguia a Liit tão disputada quando depara com um rapaz mui formoso como que enviado pelo condão d'ua Fada Os Tempos que brincavam com Liit não sabem Se existe o Amor à primeira vista ou não
Saiba mais…

Menina Sonhadora

Menina Sonhadora Talvez eu seja a menina sonhadora Que vocês não conhecem Ou até mesmo a menina delicada Que vocês nunca viram Ou a menina colorida Do mundinho preto e branco A menina que sabe a fórmula Mas não tem o dom de amar
Saiba mais…

Eu não quero ser como a Lua

Eu não quero ser como a lua. Há dias que me sinto uma jovem! Há dias que me sinto uma velha! Tenho fases como a lua....lua cheia, lua nova. É assim que me sinto por vezes. Dias cheios de vontade de viver... Dias tristes, sem luz...
Saiba mais…

SALPICOS DE POESIA BY BEIJAROSA

 photo 9zz0nAu0B8Zd_zpshwpw9tbx.gif
 photo EYndG7qc7mkw_zpsfh2otrrn.gif
PEQUENOS VERSOS SOLTOS AO VENTO
Sou louca, louco vós sois
de amar me e fazeres me tua
lá fora hilariante a lua,
ri de mim, ri de nós dois.

Sou ave de plumagem branca

Sou andorinha sem ninho
Sou mulher leal e franca
Que anseia por teu carinho
Teus beijos são mil caricias
são bençãos, vindas do céu
que eu recebo com alegria
envoltas em lindo véu.
Muita coisa nos separa
terra, estrelas, lua e mar
e a distância me impede
de te abraçar e beijar!
by Beijarosa. Agosto de 2009
Saiba mais…